© 2016 APA Vistos. Todos os direitos reservados.

Vacinas

 

Vacinação é recomendada para quem vai visitar alguns estados e outros países.

 

Para prevenir ou evitar doenças que possam ser contraídas ao ingressar em diferentes países e estados brasileiros, o Ministério da Saúde e órgãos internacionais recomendam a vacinação para evitar enfermidades endêmicas e contagiosas.

 

A vacina contra sarampo e rubéola, por exemplo, deve ser tomada antes de qualquer viagem ao exterior, segundo orientação da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). Em 2011, a Europa registrou cerca de 25 mil casos de sarampo em 33 países, de acordo com a Organização Mundial de Saúde. Por isso, a vacinação é arma para que os brasileiros evitem reintroduzir esta doença no País.

 

Também se recomenda a vacina tríplice viral – eficaz contra sarampo, rubéola e caxumba. Ela deve seja tomada pelo menos 15 dias antes da partida, em viagens principalmente aos Estados Unidos, Europa e Américas, devido à grande circulação de turistas europeus nesta região. Crianças que receberam a vacinação entre os seis e 11 meses de idade devem ser revacinadas quando completarem um ano. Em todo País, são mais de 30 mil salas de vacinação.

 

Outra doença endêmica preocupante é a febre amarela. Por isso, alguns países – lista disponível no site da Organização Mundial de Saúde – exigem o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) para ingresso em seus territórios, assim como os estados brasileiro de Acre, Amazonas, Amapá, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.